Passagem aérea barata para Fernando de Noronha: R$ 570!

No post de hoje, vamos falar porque você deve conhecer uma das maravilhas do nosso país, Fernando de Noronha. Se você é um amante da natureza e do ecoturismo, não há destino melhor.

Fernando de Noronha é um pequeno arquipélago vulcânico, isolado no Atlântico Equatorial Sul. Com uma população de cerca de quatro mil habitantes, é um paraíso para os mergulhadores.

Sua ilha principal é a parte visível de uma cadeia de montanhas submersas, a aproximadamente 345 quilômetros do cabo de São Roque no estado do Rio Grande do Norte, e 545 quilômetros de Recife, em Pernambuco.

Constituído por 21 ilhas, ilhotas e rochedos de natureza vulcânica, a base dessa enorme formação vulcânica está a mais de 4.000 metros de profundidade.

Quem deve ir

Aqueles que amam a natureza e o ecoturismo. Fernando de Noronha não tem exatamente uma estrutura para turismo, como outros pontos famosos do Brasil. Quem procura shoppings, resorts confortáveis ou piscinas, não vai encontrar lá.

Tudo na ilha é caro. O alto custo para ir até lá e o controle de visitação fazem de Noronha um lugar sempre tranquilo, dificilmente “lotado”. Para quem quer se desestressar em lugar bonito e calmo, é o destino ideal. Para quem quer agitação e conforto, é melhor procurar outro ponto turístico.

Como ir

As companhias aéreas que voam para Fernando de Noronha são Gol, TAM, Trip e Webjet. Normalmente, as passagens aéreas são bem caras, variando de R$ 1.600 a R$ 2.000. Você sai de vários destinos a Recife e Natal, e de lá a Noronha. Porém, a empresa aérea Trip está com um preço muito bom para a ilha, a partir de R$ 570 cada trecho.

Confira algumas cotações, feitas para dezembro, de ida e volta, entre São Paulo e Fernando de Noronha:

Trip: R$ 1.140
TAM: R$ 2.145
Gol: R$ 3.148

Para comprar alguma dessas passagens ou fazer novas consultas, acesse o site Decolar.

Onde ficar

A maioria das estadias não oferece almoço ou jantar. Fernando de Noronha não tem hotéis, apenas pousadas. A maioria é domiciliar, ou seja, um morador que expandiu a sua casa para abrigar turistas. Há dezenas delas.
Também não existem Resorts na beira da praia. Isso provavelmente se deve aos esforços de preservação do meio-ambiente na ilha.

Alguns sites de viagens possuem opções que você pode reservar pela net, como o Decolar. Outra opção é visitar o site oficial da ilha, que contém tudo que você precisa saber sobre Noronha, incluindo onde ficar e comer. Você também encontra pacotes aqui.

Onde comer

Na ilha, pela preservação do meio ambiente, é necessário autorização da Administração para quase tudo que quiser fazer. Até mesmo os barcos que levam mantimentos à ilha precisam de autorizações especiais, e esta é possivelmente uma das causas dos preços exorbitantes praticados em Noronha.

Um abacaxi pode custar mais de R$ 12, e uma melancia mais de R$ 16. Para almoçar ou jantar, você pode escolher entre alguns restaurantes buffet (que custam menos) ou a la carte. Um almoço dos mais simples custa entre R$ 20 a R$ 30. Em lugares mais chiques, não é difícil gastar R$ 100 ou mais.

Serviços

A conexão de internet é ruim. Santander é ó único banco que você encontra por lá, portanto vá preparado: leve dinheiro em espécie ou cartões de crédito.

Turistas que não falam português podem ter dificuldades. Os serviços de saúde também deixam a desejar. Geralmente, há apenas um médico na ilha, comumente um recém-formado que fica por algumas semanas.

Como se locomover

Em Noronha, você necessita de condução para chegar a quase todas as praias.

Você pode usar ônibus, táxi, ou alugar um buggy ou moto. Os buggys custam em média R$ 150 ao dia. Se puder, reserve um com o máximo de antecedência, por telefone, e combine o preço. Você pode encontrar informações aqui.

Mergulho

O mergulho é a base do turismo na ilha. A ilha oferece estrutura suficiente para turismo de aventura.

Em geral, não há muitos corais nos mergulhos em Noronha, mas muita pedra e animais grandes. Lá você pode encontrar as maiores tartarugas, peixes, raias e moreias que terá a oportunidade de ver de perto.

Alguns pontos de mergulho recomendáveis são: Cagarras (funda e rasa), Ilha do Meio (caverna e tradicional), Caverna da Sapata (visibilidade de 25m, profundidade de 25m, temperatura da água de 28ºC), Laje Dois Irmãos (visibilidade de 25m, profundidade de 21m, temperatura da água de 28ºC), Cordilheiras, Laje dos Cabos, Cabeça das Cordas, Buraco do Inferno, Pedras Secas, Buraco das Cabras (visibilidade de 21m, profundidade de 14m e temperatura da água de 28,2ºC), Caieiras (visibilidade de 21m, profundidade de 15m, temperatura da água de 28,2ºC), Macaxeira (visibilidade de 30m, profundidade de 27m, temperatura da água de 28ºC), etc.

Algumas empresas que fazem mergulho em Noronha são Atlantis, Águas Claras e Noronha Divers. Você pode reservar com antecedência.

Praias

Noronha tem praias belíssimas, diferentes de tudo que você já viu na vida. Lá, também é possível praticar snorkeling. Em uma simples flutuação na calma praia do Sancho, você pode encontrar tartarugas e vários peixes diferentes; nas águas da praia da Baía dos Porcos ou da praia da Conceição, você pode ver raias e moreias nadando em meio aos banhistas e, se der sorte, um golfinho rotador passará por você.

A praia do Atalaia e do Sueste são berçários de espécies marinhas. Para fazer flutuação nelas é obrigatório uso de colete, para garantir que você não tente encostar em nada. No Atalaia não é permitido sequer usar nadadeiras ou protetor solar.

Você ainda pode visitar muitas praias lindas, como a do Leão, Boldró, Cacimba do Padre, Baía dos Golfinhos, Baía da Raquel, Baía e Porto de Santo Antônio, Buraco da Raquel, Enseada da Caieira, Ponta da Sapata, Ponta das Caracas e Ponta do Air France.

Surf

As ondas em Noronha podem chegar a quatro metros. O vento forte do dia todo garante tubos e swells. As principais praias para o surf são a Cacimba do Padre, Boldró, Conceição, Cachorro, Biboca e do Meio. A época ideal para a atividade é de novembro a março.

Taxa de preservação de Fernando de Noronha

Quem quiser mesmo visitar o paraíso, vai gastar muito. Não bastam os preços altos praticados lá, o governo do estado de Pernambuco cobra também uma taxa de preservação ambiental apenas para você poder pernoitar na ilha.

A taxa varia de R$ 40 a R$ 111 por dia. Quanto maior seu tempo de estadia, mais cara é. Se você fica três dias, paga R$ 121 no total; se ficar quinze, paga R$ 757, e se ficar 30 paga R$ 3.333. Na teoria, esse dinheiro deveria beneficiar os ilhéus e a preservação da ilha, embora os locais reclamem que não veem o retorno.[PontosdeMergulho]

email

Por: NatashaEm: 23.11.2011 | Em Passagens Aéreas, Turismo  | Tags: Passagem barata, Turismo 
Curta no Facebook:

5 responses to “Passagem aérea barata para Fernando de Noronha: R$ 570!”

  1. poderia informar quais as datas disponíveis para esse preço de passagem para\ Fernando Noronha e se possível sugestão de pousada

  2. O lugar realmente é realmente um P A R A Í S O mas como mesmo foi comentado, é tb muito explorado, de todas as maneiras possíveis e impossíveis, tudo que se diz respeito à LIMPEZA e CONSERVAÇÃO do lugar, é considerado normal, até por que realmente tem que ser um local muitíssimo limpo e conservado, para fazer jús à fama que lhe outorgam, certo? Mas fazer disso um meio de se explorar os turistas, principalmente os brasileiros, pois acho que temos o direito de conhecer pelo menos o que de belo e raro temos, já que nem todos podem ir para o exterior, e gastar seus preciosos dólares, conconda? No mais, a matéria é de muito bom gosto, e ao mesmo tempo nos chamando a atenção para conhecermos o que temos de lindo e precioso! PARABÉNS a toda a equipe, isso nos incentiva a fazer turismo aqui mesmo dentro do nosso BRASIL!

  3. Se Deus quiser, iremos, eu e minha família em Noronha…

    …É meu sonho de consumo.

  4. Ola gostaria de saber se valor esta correto de sao paulo a fernndo de noronha a passagem aerea.
    obrigado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *